VIVER...

A VIDA É UMA PEÇA DE TEATRO QUE NÃO PERMITE ENSAIOS. POR ISSO, CANTE, CHORE, DANCE, RIA E VIVA INTENSAMENTE, ANTES QUE A CORTINA SE FECHE E A PEÇA TERMINE SEM APLAUSOS...

CHARLES CHAPLIM

26 fevereiro 2011

PRECISO DO SENHOR HOJE!

ESTE VÍDEO É LINDO, NÃO DEIXE DE OUVIR...
Quinta feira dia 24/02/2011, fui para Chácara de Recuperação onde sou voluntária, levando a Palavra de Deus e intercedendo por aqueles que estão ali tão feridos. Sabemos que estamos chegando aos fins do tempo, e que em Breve JESUS voltará isso é certo, todos sabemos. O que as pessoas não sabem é que mesmo Ele voltando não mudam de atitudes, acham que sempre podem deixar para depois... E se não houver o depois? Ninguém pode acrescentar um segundo sequer à sua vida ou à de alguém. Não temos esse poder e quando a hora chega, ela chega e ponto final.

Mas preferimos não pensar nisso. Julgamos que temos todo o tempo do mundo para fazer isso ou aquilo, para recuperar o perdido, para sarar o ferido e restabelecer a paz, um dia uma pessoa me disse, deixa passar o Carnaval que vou para Igreja... Será que ele terá tempo?
Existem também aqueles que falam assim: Amanhã eu ligo, amanhã eu faço, amanhã peço perdão, amanhã me reconcilio, amanhã e amanhã e amanhã...  Como se pudéssemos segurar o amanhã em nossas mãos! Como se ele fosse chegar por nossa vontade e trazer tudo como ontem ou como hoje! Amanhã? Hoje é o amanhã de ontem e tudo continua na mesma, por que se espera pelo amanhã?
Vivemos em mundo hoje que cada qual é único, egoísta ao extremo, até mesmo no meio do povo que se diz ser de Deus, uma pessoa me falou que temos que ser separados dos que são diferentes do nosso meio social, diferentes de nível,  confesso que me irritei. Sabemos que cada qual tem sua história e suas histórias. Cada qual sua cruz e suas dores, suas alegrias, seus lamentos, seus dissabores, seus ganhos e perdas. É o que nos torna como pessoas, que nos dá a impressão de existir, de fazer parte do universo. Mas o que eu sei é que Jesus andava pela multidão, no meio das pessoas, doentes, pobres, cegos, leprosos, outros de bom conceito, e classe social maior. Mas Ele nunca fez acepção de pessoas, sempre tratou com seu infinito amor...
O que nos falta é o Amor que existia Nele. Nós somos assim, escolhemos as pessoas, passamos e cumprimentamos apenas as pessoas que achamos fazer parte no nosso nível ou da nossa religião, denominação, criamos magoas nas pessoas, ferimos, por que  Quando isso acontece, construímos em volta do nosso coração um muro, uma barreira que o outro não pode atravessar. Sentimos-nos tão importantes com isso que nem percebemos que esse muro não  impede apenas o outro de entrar, mas nos impede, a nós de sairmos. Tornamos-nos prisioneiros, aprisionados das nossas idéias e nossas mágoas e orgulho. Não estendemos a mão e recusamos a do outro, caso nos estenda.
Enquanto isso, a vida continua. E nossa resposta é vamos deixar para amanhã para resolver isso, porque hoje estamos magoados demais, não conseguimos perdoar e não queremos dar o braço a torcer, afinal, não erramos. E eu diria como Cristo, quem nunca errou que atire a primeira pedra!
Amanhã não existe. O amanhã, só o conhecemos quando o sol nasce e que o Senhor nos da oportunidade de um dia a mais. E todo mundo não chega lá. Não podemos afirmar que estaremos ainda aqui, porque a vida é imprevisível, posso estar aqui nesse minuto escrevendo e em alguns segundos acabar a vida...
Se o hoje nos é ofertado, por que não viver sem grades e sem muros, em comunhão com o mundo, com todos os tipos de pessoas, raças, cores e acima de tudo com Deus? O orgulho? Olhe para ele de cara feia e diga: Satanás você não tem poder sobre minha vida. Eu quero é ser feliz e se eu quero, eu vou ser feliz! Vou lutar...
Se os muros o impedem de abraçar, de sentir o calor ou as batidas do coração dos outros. Se nos impedem de dar e de receber, nos transformam em pessoas separadas e isoladas.
Destrua, então com coragem dessa que só os grandes possuem esse muro em volta do seu coração e volte a abraçar a amar seu próximo. Perdoe, mesmo se perdão não foi solicitado, mesmo se o erro não for seu, porque cada qual deve dar conta da sua vida a Deus e a outra pessoa responderá por si mesma.
Liberte-se, porque se o amanhã não vier para a outra pessoa, você terá que aprender a conviver com dor, magoa e seu coração fechado e terá perdido os melhores anos da sua vida...
Acredite Vale a pena destruir os muros, Jesus está voltando, não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje, agora...


JESUS ESTÁ VOLTANDO... O AMANHÃ É HOJE!!!!

22 fevereiro 2011

SOU HUMANO, NÃO CONSIGO SER PERFEITA...


Deus mais uma vez segura em minha mão
Minha alma aflita pede tua atenção
Cheguei no nível mais difícil até aqui
Me ajude a concluir
Quando penso que estou forte fraco eu estou
Mas quando reconheço que sem Ti eu nada sou
Alcanço os lugares impossíveis, me torno um vencedor
Estou sentindo minhas forças indo embora
Mas Tua presença me renova nessa hora
Senhor vem, e me leva além
O meu sonho de chegar está tão longe
Sou humano não consigo ser perfeito
vem, Senhor, vem, e me leva além
Me ajude a ousar com minha fé
Sou pequeno eu não sei ficar de pé
Sou dependente, tão dependente
Vem Senhor ao meu favor
Me ajude a ousar com minha fé
Sou pequeno eu não sei ficar de pé Me dá sua mão,
Me tira do chão Vem me ajudar...

A ESCOLHA É SUA...

Quando acordamos sentamos em nossa cama e nesse minuto percebemos que nosso dia pode iniciar no exato momento, que você decidir que será BOM.
Da mesma forma que por um motivo qualquer, mesmo banal você decidir que seu dia não será dos melhores...
 A Escolha é sua...
As pessoas vivem em constante busca da satisfação, do Prazer e especialmente evitar qualquer sofrimento. O que muitas vezes é inevitável!  Mas por que as pessoas sofrem?
Porque não aceitam os fatos, os acontecimentos como deveriam aceitar. Sentem saudades, de pessoas que amam e estão distantes. Sentem falta de alguém que partiu para Deus e não voltará mais para sua presença.
Por isso acabam de não realizar seus atos de gratidão! Agradecer de coração, quando alguém lhes deixa. Agradecer não por sua partida, mas pelo tempo que permaneceram juntos ou pelo que deixaram e muitos pelos ensinamentos que fizeram tanta diferença.
Mas, todos se deixam envolver pela ausência, ou pelo forte desejo da presença desta(s) pessoa(s) em sua vida.
Pode ser uma ausência causada inevitavelmente pela morte que sinto ser a pior. Ou por um rompimento definitivo. Um Namoro que termina, um casamento que resulta em divórcio que é doloroso. Nesses casos além da falta, muitas vezes alimenta-se a mágoa, as feridas, que a pessoa que partiu acabou provocando.
Como contornar essa situação? Como sobreviver aos sofrimentos?
Conta-se que houve uma época em um cidade pequena um homem, sabedor de muitos segredos e possuidor de muitas respostas. Nesse tempo uma Mulher desesperada com a morte de seu pai, foi á procura deste homem para pedir lhe conselho e que ajudasse ela a tirar  a dor daquela perda.
O homem sábio lhe disse:
- A cura é tão simples, para isso, apenas um Chá com sementes de mostarda!
A mulher no primeiro momento achou estranho,  mas resolveu seguir o conselho e preparou para ir ao mercado em busca de tais sementes de mostarda, quando o homem sábio a encontrou e lhe advertiu:
- As sementes têm que ser colhidas no jardim de uma casa onde seus moradores nunca 
tenham perdido alguém que amam... Apenas estas valem, do mercado não.
Passaram se dois anos, quando a mulher retornou a procurar o homem que dera o conselho...
O homem vendo-a logo lhe perguntou:
- Então você encontrou as sementes de mostarda que lhe recomendei para seu chá?
A Mulher pode prontamente responder.
- Meu amigo e bom homem, eu estava tão fechada em minha dor e não queria entender que a morte é parte da vida. Que só quem possuiu alguém que lhe é amado enfrenta a realidade da perda.
- Mas eu descobri que tal jardim não existe. Pois todo mundo onde fui já perdeu alguma pessoa querida. Mas algo percebi que todos sobreviveram ao sofrimento.
Agradeço seus conselhos por que hoje meu coração está em paz. Aprendi que posso conviver com a dor e a ausência e ainda assim seguir adiante com minha vida...
Esta é uma das grandes lições que já passei que já aprendi, e melhor ainda aceitei aplicar
Sobreviver aos Sofrimentos...
Como diz Carlos Drummond de Andrade A dor é inevitável, O sofrimento é opcional...

A ESCOLHA É SUA...

Pense nisso...

21 fevereiro 2011

AGRADECIMENTO ...

Quero agradecer, a todos (as)  que carinhosamente gastaram um tempinho do seu dia pra me desejar feliz aniversário, alguns pessoalmente e outros (as)  aqui mensagens virtuais lindas, obrigada porque foi um dia muito feliz mesmo... 

Aos que ligaram... 
Aos que esqueceram... 
Aos que fingiram que esqueceram... 
Aos que não puderam estar on-line. 
Deus dê em dobro tudo que me desejaram! 

Sou uma pessoa muito feliz, feliz mesmo... 
Pois tenho pessoas maravilhosas que me cercam... 

Uns bem de perto... 
Uns de longe... 
Outros de bem longe... 

Não importa a distância e sim o carinho... 
Isso sim é um presentão de Deus pra minha vida... 

Obrigada amigos (as) 
Beijos

17 fevereiro 2011

OUVINDO A VOZ DE DEUS...

 Ficamos muitas vezes perguntando como podemos conversar com Deus, e alguns falam que duvidam que Ele possa responder...
Para conversar com Deus é preciso antes de tudo aprender a estar em silêncio.
Muitos se queixam que não conseguem ouvir a voz de Deus e, portanto, não há nenhum mistério. 
Deus nos fala. Mas geralmente estamos tão preocupados em reclamar, pedir e falar, falar e falar, que Ele simplesmente nos ouve. Se falarmos o tempo todo, nada mais natural que ouvirmos o som da nossa própria voz. 
Enquanto nosso eu estiver dominando, só ouviremos a nós mesmos. 
Portanto, se quiser conversar com Deus, aprenda a estar em silêncio primeiro. Aprenda a ser humilde, aprenda a ouvir. E aprenda, principalmente, ver os detalhes, Sua voz doce e suave nos fala através de pessoas e de fatos, fala também de sua palavra, e de sua voz mesmo, e que nem sempre a solução que Ele encontra para os nossos problemas são as mesmas que achamos que seriam melhores. Deus também diz "não" quando é disso que precisamos.
E essa resposta inesperada vai carregando assim todas as nossas esperanças depositadas naquelas orações, naqueles apelos profundos da nossa alma. E, agimos como crianças sem entendimento, arregalamos os olhos, sem impedir que nosso coração pergunte o porquê. Por que Deus isso?  Por que Deus aquilo? E assim por diante...
Coisa difícil!!! E não é difícil para uma pessoa mais que para outra, é difícil pra todo mundo, mesmo para aqueles que realmente vivem uma vida de submissão.
Ele conhece nosso coração muito melhor que nós, pois vê dentro e vê nosso futuro. Ele conhece nossos limites e nossas acima de tudo nossas necessidades. 
A bíblia nos dá este conselho:
Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. E, orando, não usem de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles, porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes mesmo de pedir-lhe...

Pense Nisso...

16 fevereiro 2011

He Ain't Heavy, He's My Brother
 The Hollies

He Ain't Heavy, He's My Brother

The road is long
With many winding turns
That leads us to
Who knows where, who knows where
But I'm strong
Strong enough to carry him
He ain't heavy, he's my brother
So on we go
His welfare is my concern
No burden is he to bear
We'll get there
For I know
He would not encumber me, oh no.
He ain't heavy, he's my brother
If I'm laden at all
Then I'm laden with sadness
That everyone's heart
Isn't filled with gladness
Or love for one another
It's a long, long road
From which there is no return
While we're on the way to there
Why not share?
And the load
Doesn't weigh me down at all
He ain't heavy, he's my brother


HONRA...

Honra Significa: Princípio de conduta pessoal baseado na ética, honestidade, coragem, etc. Dignidade. Honradez.  Demonstração de respeito e autoridade para com pessoas de mérito. Pureza. Virtude. Lugar de relevo, de importância, Adoração. Veneração. Quando você honra alguém, você quer dar o melhor!
A sociedade impõe modos e comportamentos que nem sempre são aqueles que condizem com o que somos com o que desejamos ou precisamos para nosso equilíbrio pessoal...
Honrar Pai e Mãe é entender que eles são autoridades, e por serem merecem o melhor que possamos dar a eles. 
A Bíblia fala Honra ao teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá... Ex 20:12.
Isto nos traz o ensinamento que o relacionamento saudável dentro de nossos próprios lares trará automaticamente bons relacionamentos, paz e sucesso nas outras relações que ultrapassarem as fronteiras da nossa família.
Hoje está mais do que comprovado que quando uma pessoa (principalmente os mais jovens) tem problemas dentro de casa, acaba tendo também problemas nos seus relacionamentos fora de casa. Seja no trabalho, na escola, com autoridades, etc...
Ontem assistindo um filme, com o titulo de Carta ao meu Pai, fiquei observando quantos filhos sofrem por não ter comunicação com seu pai e o pai por medo e algumas vezes orgulho por achar se mostrar fraco, não tem o mesmo relacionamento com seu filho...
E ele precisou escrever uma carta para o pai, falando suas faltas e o quanto ele sofreu na adolescência e quando adulto em seus relacionamentos, tudo para que ele notasse a carência dele.
Embora isso trouxesse sofrimento demais para ele muitas vezes quase não suportando, com tudo o filho, ele ainda nunca maltratou o pai, o tratou como autoridade, com mérito e o amava, era o herói dele. Ele perdoou o pai e depois disso tiveram um relacionamento amigável, sincero e com amor.
Deus às vezes nos aponta caminhos sinuosos para podermos endireitar algumas coisas. E se olharmos apenas o que está na nossa frente, se ficarmos guardando, remoendo o passado vamos nos paralisar, pois ninguém quer e não está pronto para enfrentar dificuldades e algumas dores... Os corações não estão cheios de alegria do amor de um para com o próximo. 
Saiba a vida é uma longa estrada, e depois não há volta, então por que não resolvermos os problemas agora e caminharmos juntos por esta estrada compartilhando o Amor? 
Muitas vezes damos honra a quem não merece honra...

Pense nisso... 

13 fevereiro 2011

RECICLAGEM DA VIDA...

Foi passear domingo gostoso, abençoado, ensolarado, depois de uma aula boa na Escola Dominical, dei uma voltinha no bairro mesmo, e encontrei um grupo que faz reciclagem com garrafas pet, e observando pensei se a vida pudesse ser reciclada. Pegar toda sua historia e reciclar tirar os momentos ruins e deixar apenas o bom, assim como aquelas garrafas que não eram nada e do nada transformam em vasos lidos, flores, e tantas outras coisas podem ser feitas com material reciclável. 
Mas a vida nem sempre é assim não, talvez não possa reciclar tudo ou quase nada. Mesmo se após um tempo de reflexão decidimos mudar nossa vida, seremos sempre nós mesmos no fim. Mudamos, aparência, roupas, cabelos, mas nós, não conseguimos mudar por que possuímos marcas e cicatrizes  para que não nos esqueçamos do que fomos, e a nossa vida o que passamos foi aprendizado, não foi em vão...
Sabemos que jamais poderemos recolar os pedaços das coisas vividas e construir novas. Colchas de retalhos são muito bonitas, mas não passam de colchas de retalhos remendas nem sempre com linhas fortes. 
Remenda-se panos, recola-se plástico, papel ou vidro, mas não se remenda vidas, não se recola momentos passados, coisas que deixamos pra trás. Recomeçar? Sim. 
Recomeçar é possível sempre, mesmo e infelizmente se já não somos os mesmos. Aprendemos, à custa de dor, de quedas e tropeços, mas aprendemos. 
Não cometeremos duas vezes os mesmos erros, não beberemos a mesma água, somente se não aprendemos com que aconteceu para repetir o mesmo erro, e muitas vezes a vida prega a mesma peça e pessoas caem.
Durante anos vivemos como se não tivéssemos alternativas. 
A vida tem que ser assim, é o destino, quem disso isso? Nosso destino, nós fazemos, construímos... Nossas prioridades, escolhemos e aprendemos a viver com elas. E só depois, mais tarde, é que nos questionamos sobre o fundamento das nossas escolhas. Mas foram nossas escolhas, Deus não quebra principio e um deles é livre arbítrio. 
Há pessoas que acham que é tarde demais para mudar e continuam na mesma linha, mesmo se conscientes de que talvez esse não tenha sido o melhor caminho. Homens e mulheres que se mataram a vida toda para ganhar dinheiro terminam muitas vezes a vida sozinhos, cheios de dinheiro, vazios de amor, solitários.
E felizes são aqueles que descobrem que ainda é tempo para fazer alguma coisa. E que podem redefinir as próprias prioridades e assumi-las. Vai doer, mas vai valer a pena, porque no fim das contas vamos ter a consciência tranquila de que tentamos independente do resultado tentamos, e que valeu a pena.
Um dos piores sentimentos que existem é o de não poder recapturar um momento que gostaríamos que tivesse sido diferente. 
O eu de hoje não teria feito isso ou aquilo, mas o que eu era ontem não sabia o que sei agora. Se soubesse, teria cometido menos erros. Faria coisas diferentes, falaria diferente, agiria diferente, tantas coisas seriam diferentes do nosso passado...
Mas temos um Deus tão bom e tão grande que Ele está sempre nos oferecendo à oportunidade de nos redimir e fazer novas escolhas. 
Fazer as pazes com nosso passado, virar a página e começar uma nova história para o futuro sem tantos arrependimentos.
E agora? Como você vai agir? Agora sabemos, somos vividos não vamos mais pegar atalhos. Eles podem ser atraentes aos olhos, mas nos impedirão talvez de aproveitar as belezas da caminhada para uma nova jornada.
O caminho da vida é bonito, apesar de existir pedras, buracos no meio do caminho e de ser mais difícil para uns que para outros. Mas é bonito se sabemos tirar aproveito o máximo do que é bom.
Noites escuras podem nos fazer ver mais brilhante e claramente as estrelas. O Sol maravilhoso o nascer e o por do sol. Mas só veremos o nascer do sol se acordarmos cedo e o por do sol se pararmos um minuto a correria do dia a dia e sentar, olhar em silencio e observar a beleza que Deus nos deu de graça e são maravilhosos, que muitas vezes não percebemos, deixamos a vida passar e coisas simples que a natureza nos oferece e nos ensina passam despercebidas.
Reciclagem de vida? Talvez sim. Talvez sejamos, no fim das contas, reciclável. Mas se for uma colcha que não seja de retalhos, que sejamos então uma bela colcha nova enfeitando um quarto, uma vida, um coração ferido, talvez mesmo muitos corações e muitas vidas, a começar por nós mesmos.
Pense nisso...

ABRO MÃO..


... DE TUDO SENHOR, APENAS NÃO ABRO MÃO DE SUA PRESENÇA SANTA, SEU ESPÍRITO E NEM DE SEU AMOR...

11 fevereiro 2011

QUEM NOS CONDENA???

Hoje acordei atrasada, uma amiga ligou no meu celular e eu dormi com o fone de ouvido do meu celular ouvindo músicas e conversando com Deus, as 07hrs00 quando ele tocou foi o maior susto.
Conversando com Deus estava tentando entender tantas coisas que estão acontecendo, por que o amor está tão frio, por que as Igrejas estão tão mornas,  mesmo que nós sabemos que nos fins dos tempos seriam dias assim, mas se sabemos, por que não mudamos de atitude?
Muitos Cristãos hoje estão cheios de culpas, isso deles mesmo, ninguém os culpam, mas a cobrança vem da pessoa mesmo, nossa sociedade está exigindo perfeição e as cobranças são existentes e ai vem culpas, medos, ansiedades, angustias, por que muitas vezes, agimos errados para agradar quem não merece, e com isso infelizmente desagradar a Deus.
Existem as culpas pequenas e as grandes. As que ficam por algumas horas e as que perseguem para o resto da vida. As primeiras são os pequenos pecados do dia-a-dia, as mentirinhas bobas que para Deus é a mesma coisa, simplesmente a mentira, temos muitos deslizes, que até nos impedem de dormir muitas vezes...

Mas são passageiras e acabam tornando-se banais e nem se pensa muito. Chegamos diante de Deus pedimos perdão genuíno e arrependemos-nos, Ele é fiel e perdoa nossas fraquezas.
 As últimas são terrivelmente pesadas de se carregar, elas podem destruir a vida toda de uma pessoa para sempre... São raras as pessoas que recebem uma condenação de outros por algum ato cometido, que não tentem se defender ou se justificar.
Mas não há quem se condena a si mesmo que procure aliviar sua culpa com desculpas.
A questão não está nas coisas sem conseqüência, todo pecado tem suas conseqüências.
Essas coisas fazem parte das marés do dia-a-dia e perdoamo-nos tão facilmente como cometemos os erros. A questão está nas culpas que chegam sozinhas, os acidentes pelos quais as pessoas se responsabilizam sendo as perdas ou magoas que guardam sem a possibilidade de expor, o ressentimento e sofrimentos os quais as pessoas dizem que poderiam ter evitado se tivessem feito isso ou aquilo, ouvido isso ou aquilo e se condenam a cada instante, a cada minuto, e como dói, e dói demais...
As autopunições não resolvem. O recusar-se a felicidade, ao recomeço não corrige erros passados, não compensa as dores. O abandonar-se, deixar de se amar não faz ir adiante, pelo contrário paralisa. Dormir mais horas para não ver passar o tempo não vai diminuir o tempo determinado por Deus para a vida de cada um.
E tentar encurtar esse tempo, fazendo algo pelos próprios meios, só pode trazer uma condenação eterna, que ninguém merece.
Somos nós nossos acusadores mais severos, somos também nossos juízes e promotores mais duros. Mesmo com toda compreensão, com todo amor, toda ajuda possível, família ou algum profissional não podemos nos livrar de culpas se essa libertação não vem da cura de nosso interior, de feridas internas, se a cura não vem com a ajuda Daquele que sendo tudo, que sofreu tudo e nós não agradecemos nada, não merecemos nada, mas mesmo assim Ele ainda nos prometeu um coração novo, restaurado, sem marcas e cicatrizes, novo perfeito, por que tudo que Ele faz é bom e perfeito.
Saiba que o Deus que prometeu estar à nossa volta enviando seus anjos, nos diz assim:
Não importa em quantos pedaços seu coração foi quebrado, não importa o que você fez, onde você andou, nem os caminhos que escolheu, não importa quantas vezes você caiu e quantas se levantou, não importa qual foi  e o tamanho de seu pecado, não importa se os homens te condenaram ou absolveram.
O que importa realmente é que você entenda que Ele te Ama tanto, e pode restaurar seu coração, ama você acima das suas escolhas, pode levantar você de uma vez por todas e acima de tudo esse Deus maravilhoso nos absolve... Acredite nEle, no amor dEle, por que você é livre!

Pense Nisso...

09 fevereiro 2011

AMIZADE... ME CATIVAS!!


Leio a Bíblia e nela vejo tantos Milagres, e sinto que um deles é a amizade. Toda amizade é uma história particular. É uma história diferente e de conquista e algumas de derrotas, deixam de amizade para colegas... 

Primeiro, descobre-se, desvendamos o outro. Todo mundo no inicio parece igual, mas não é. E é justamente essa coisinha diferente em cada um que torna cada pessoa única. E de repente ali está a sementinha da amizade fecundada. A gestação começa, como uma gravidez.  
São pedacinhos de nós que vão ficando nas conversas, nos comprimentos e pedacinhos do coração do outro que vão caminhando pra dentro da gente. Há os risos e os sorrisos, a partilha de coisas simples ou de coisas importantes. As descobertas, alguns dramas, ciúmes em certas coisas, um início cheio de surpresas muitas vezes. A voz calada que pensa, não diz nada... Adivinha!... 
Fazemos ideia imediata de uma pessoa ao primeiro contato. Julgamos? Sim, muitas vezes, e isso até pela aparência. 
E só os próximos dias, horas ou instantes vão nos dizer se julgamos certo ou não. Acontece de nos termos enganado em certos pontos e quantas vezes não bendizemos isso! Claro que ninguém gosta de estar enganado. Mas quando descobrimos um palhacinho por detrás de uma pessoa séria e reservada é maravilhoso saber que pudemos nos enganar. Se todos os enganos fossem assim abençoados!... 
A sensibilidade do outro nos toca, vai ao fundo da alma, dá até vontade de chorar. Não sabemos direito o porquê de nos sentirmos próximos de alguém assim tão longe, tão diferente e tão igual. Mas amizade, como o amor, não se questiona e nem explica. Vive-se. Dela e pra ela. 
É preciso dar tempo ao tempo para saber cativar e ser cativado. Como diz o livro o Pequeno Príncipe que é um romance do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry:

“A gente só conhece bem as coisas que cativou - disse a raposa”.
- Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma.
Compram tudo já pronto nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos,
os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, 
cativa-me!"
Tú se tornas ETERNAMENTE responsável, por aquilo que cativas! 
   Quando saímos às pressas sempre temos o risco de deixar alguma coisa esquecida e mal resolvida. Deixar de falar algo que o outro precisava e ás vezes são sempre palavras tão simples.
 Mas se tomamos o tempo de olhar bem, observar, refletir, conversar, conversar e conversar... E rir e brincar e ficar em silêncio também é importante!...
 Se deixarmos que essa flor nasça cuidadosa e docemente... Aos poucos ela vai vendo a luz do dia. Maravilhando-se. Contemplando o outro com novos olhos, ou nova maneira de olhar. Tudo vira encanto!

 Que o outro ria de mim ou pra mim ou de quem for, mas que sorria! Gargalhe, faça festa!... Que eu seja nem que seja por um minuto, por um pouco responsável por esse rosto iluminado de alegria, por essa vontade de viver e de ver o que virá depois...
 Bendita seja essa gravidez, gestação da amizade! Sem prazo, sem tempo, sem hora marcada! Bendita seja essa amizade, prova de que Deus se faz conhecer através das pessoas que alcançam nosso coração... E não esqueça: 
Tú se tornas ETERNAMENTE responsável, por aquilo que cativas!
COMO É BOM FAZER UM AMIGO (A) SORRIR...
 DIZER QUE FOI MARAVILHOSO CONHECER E QUE SEMPRE VALEU A PENA ESTAR POR PERTO.
..
OBS: FOTOS TIRADAS DO GOOGLE.

08 fevereiro 2011

SOFRER POR AMOR...

Fizeram-me uma pergunta bastante interessante, se eu já sofri por amor, por que algumas coisas que escrevo, fala com uma profundidade de quem conhece a dor de uma traição, rejeição e desprezo às vezes... Eu respondo que sim... Todo poeta já sofreu por amor, e você só pode dar ou falar daquilo que você entende, já viveu ou conhece...
Victor Hugo um dia escreveu: Vós, que sofreis, porque amais, amai ainda mais. Morrer de amor é viver dele...



VENTOS DE OUTONO...

Comparo o passado como às folhas do outono, belas, cheias de nostalgia, mas vividas. Tiveram seu tempo de frescor, encanto, mas soltaram-se e foram levadas pelo vento. Como é bom a época de namoro. Tempo quando sentimos que somos importantes. O outro se preocupa, telefona, faz carinho, diz coisas ridiculamente lindas ao nosso ouvido, bobas para alguns, mas para nos que ouvimos as palavras mais doces,  faz surpresas, dá a mão e beijos intermináveis.
Todos nós tivemos um passado. E cada qual gosta de guardar o seu, principalmente aquele ou aqueles que marcaram a vida, deixaram cicatrizes na alma e para o qual olhamos de vez em quando com ternura e algumas com dor...
A longa convivência vai apagando aos poucos o essencial de um relacionamento. Acostuma-se tanto ao outro que certas coisas perdem o sentido, até mesmo os gestos mais simples, um bom dia, boa noite com um beijo ou um abraço de quem fala, logo estarei de volta.
O que não gostamos mesmo é de saber que a pessoa que amamos Esquece-se do abraço bem apertado que diz tanto sem dizer nada, esquece-se de datas importantes e comuns aos dois. Esquece-se de andar lado a lado. Esquece que teve um passado amoroso.
Como é difícil imaginar que os lábios que nos juraram amor fizeram outras juras, que os braços que nos enlaçam guardaram outro corpo dentro de si, que os carinhos e batidas do coração tiveram como objetivo outra pessoa... 
Houve Culpa?  De quem? Dos dois.
Quando há um problema entre um casal a culpa é fatalmente dos dois lados. Uma coisa conduz a outra. E muitos casais por medo ou covardia seguem assim.
Juntos, apesar de tudo, cada um do seu lado sofre interiormente de solidão. Cada um sonha, secretamente, com emoções esquecidas, com grandes paixões. E ninguém pensa em reacender a brasa. Ninguém pensa em reconquistar o que se tem, justamente porque se tem. Mas sendo há tanto que pode ser feito!
Vejo casais que nunca imaginei que poderia ver separados, e hoje estão, e alguns que imaginava isso nunca vai dar certo, e estão vivendo anos juntos, fazendo bodas de prata e correndo em busca da felicidade e unidos.
Ai!... Como se desprender da ideia de que não somos únicos no mundo? Como aceitar que existam sombras que acompanham e acompanharão para sempre essa outra parte que de forma egoísta e bela julgamos nossa, só nossa?!
Queríamos que os carinhos que são a nós fossem só nossos, que pelo menos para a pessoa amada a palavra "única" tenha nosso rosto.
Mas as folhas do outono vêm de diversas árvores e quando olhamos para trás, vemos que temos também nossa sombra, que nos acompanha com fidelidade.
Achamos que isso é menos importante, porque a dor no peito do outro não nos incomoda tanto, porque nos cegamos ao que ele pode sentir e ressentir. Na verdade nem importamos, pensamos que não seja igual a nossa dor.
Porém nossas almas são sensivelmente iguais e é só ter um pouco de atenção para saber o que se passa em outro coração.
Nos entendendo, entendemos a outra parte. Amadurecemos para o presente e para o futuro que virá e com os frutos que virão, mesmo se outras folhas cobriram nosso caminho lá atrás.
Amar é também aceitar o outro com todas as suas marcas, suas cargas, suas sombras, suas raízes e cicatrizes que o tempo fizeram... E ainda assim acima de tudo seguir em frente!
Muitas coisas podem ficar esquecidas, apagadas, lançadas ao vento do outono.
 Mas o amor, ele mesmo, nunca se esquece!



.